Iorana Korua/Koho-Mai/Bem-Vindo/Yaa'hata'/Che-Hun-Ta-Mo/Kedu/Imaynalla Kasanki Llaktamasi/Tsilugi/Mba'éichapa/Bienvenido/Benvenuto/Yá´at´ééh/Liaali/Bienvenue/Welcome/Kamisaraki Jillatanaka Kullanaka/Mari Mari Kom Pu Che/Etorri/Dzieñ Dobry/Bienplegau/Καλώς Ήρθατε/ Kamisaraki Jillatanaka Kullanaka/Sensak Pichau!!

Meu compromisso é com a Memória do "Invisível".

Pelo direito a autodeterminação dos povos e apoiando a descolonização do saber.

Ano 5523 de Abya Yala

523 anos de Resistência Indígena Continental.

JALLALLA PACHAMAMA, SUMAQ MAMA!

Témet timuyayaualúuat sansé uan ni taltikpak
Nós mesmos giramos unidos ao Universo.
Memória, Resistência e Consciência.

30.7.10

Huitzilopochtli - Deus Azteca da guerra e do estado.

Diz a lenda que Huitzilopochtli nasceu vestido com roupas de guerra: um escudo, dardos e lançador de dardos azuis. Na cabeça ele usava uma pena com enfeites sobre  as orelhas. Em seu pé esquerdo também tinha uma sandália adornado com plumas. Suas coxas e braços eram pintados de azul. Este evento raro ocorreu, porque a mãe de Huitzilopochtli, a deusa Coatlicue, que já tinha uma filha chamada Coyolxauhqui e outras quatrocentas crianças que se tornaram estrelas, chamadas Suristas, quando engravidou novamente, foi tocada por uma bola de penas que caiu do céu. Coyolxauhqui e seus quatro irmãos consideraram isto como um insulto e decidiram matar sua própria mãe.  Quando a deusa Coatlicue descobriu os planos macabros de seus filhos ficou muito triste e vivia com medo, esperando a morte a todo momento, mas Huitzilopochtli, tranquilizou-a falando de seu ventre e ela se acalmou. Os Suristas estavam preparados para matar a sua mãe como se fosse uma guerra, mas um deles, chamado Quauitlicac, sentiu pena da mãe amada e falou ao feto, Huitzilopochtli, a traição que seus irmãos estavam preparando.Quando todos estavam prontos para matar sua mãe, nasceu Huitzipochtli, vestido para a guerra. Na hora do nascimento feriu gravemente sua irmã Coatlicue, então cortou a cabeça dela e atirou-a ao céu para que se tornara a lua, depois prosseguido perseguiu os Suristas e aqueles que não conseguiram fugir, matou e transformou em estrelas. Huitzipochtli, tirou todas as armas e roupas dos seus irmãos e colocou em cima do seu corpo para que mais tarde fossem seus distintivos de guerra.
Huitzilopochtli significa " O Colibri Azul"

E-Mail

Postagens populares

Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros."