Iorana Korua/Koho-Mai/Bem-Vindo/Yaa'hata'/Che-Hun-Ta-Mo/Kedu/Imaynalla Kasanki Llaktamasi/Tsilugi/Mba'éichapa/Bienvenido/Benvenuto/Yá´at´ééh/Liaali/Bienvenue/Welcome/Kamisaraki Jillatanaka Kullanaka/Mari Mari Kom Pu Che/Etorri/Dzieñ Dobry/Bienplegau/Καλώς Ήρθατε/ Kamisaraki Jillatanaka Kullanaka/Sensak Pichau!!

Meu compromisso é com a Memória do "Invisível".

Pelo direito a autodeterminação dos povos e apoiando a descolonização do saber.

Ano 5523 de Abya Yala

523 anos de Resistência Indígena Continental.

JALLALLA PACHAMAMA, SUMAQ MAMA!

Témet timuyayaualúuat sansé uan ni taltikpak
Nós mesmos giramos unidos ao Universo.
Memória, Resistência e Consciência.

3.8.10

Sabedoria Suquamish


Tudo o que acontece à terra acontece aos filhos e filhas da Terra.
O homem não teceu a teia da vida, somos apenas um fio dela.
Tudo o que fazemos para à terra, fazemos para nós mesmos.

Suquamish
Seattle (1788-1866)

*O chefe Seattle foi quem escreveu uma das mais lindas e significativas cartas ao presidente dos Estados Unidos em 1853 como resposta sobre a proposta de comprar boa parte das terras  indígenas dos Suquamish, oferecendo, em contrapartida, a concessão de uma outra área.


Informações sobre os Suquamish:

E-Mail

Postagens populares

Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros."